A médica oftalmologista Keila Cristina Prado, da Auge Oftalmologia, explica que as mãos devem ser higienizadas diversas vezes ao dia, visto que elas podem ser “ponte” para contaminação. “A mão contaminada em contato com olhos podem atingir as membranas mucosas, que revestem várias cavidades do corpo, e são as mais suscetíveis à transmissão do vírus”

A médica oftalmologista Keila Cristina Prado, da Auge Oftalmologia, explica que as mãos devem ser higienizadas diversas vezes ao dia, visto que elas podem ser “ponte” para contaminação. “A mão contaminada em contato com olhos podem atingir as membranas mucosas, que revestem várias cavidades do corpo, e são as mais suscetíveis à transmissão do vírus”

A médica oftalmologista Keila Cristina Prado, da Auge Oftalmologia, explica que as mãos devem ser higienizadas diversas vezes ao dia, visto que elas podem ser “ponte” para contaminação. “A mão contaminada em contato com olhos podem atingir as membranas mucosas, que revestem várias cavidades do corpo, e são as mais suscetíveis à transmissão do vírus”